07 de Novembro de 2019
  • Zero Hora
  • Túlio Milman
  • P. 4

Do bom e do melhor

O novo Salão de Atos da PUCRS seria celebrado com entusiasmo por qualquer grande cidade do mundo. Tecnicamente impecável, de fácil acesso e capacidade para 1,6 mil lugares.

Tudo levando em conta a eficiência e o respeito à arte, com conforto, mas sem ostentação ou luxo exagerado.

Um único detalhe: as luzes indicativas das filas são fortes demais. Competem com a iluminação do palco para quem está sentado nas cadeiras dos corredores.

Fácil de corrigir.