05/02/2016
O Sul | osul.com.br
Geral
Clipado em 05/02/2016 17:43:03
Simers promove ação de combate ao aedes aegypti no Aeroporto Salgado Filho

A página do jornal solicitado
não está disponível


Pequenos heróis chamam a atenção do público no Aeroporto Internacional Salgado Filho desde a tarde de ontem (4) e hoje, das 16h às 22h, na Capital. O motivo que levou as crianças ocuparem o local foi por uma causa nobre: o combate ao mosquito aedes aegypti, transmissor da dengue, zica vírus e chikungunya. Como a maior parte dos casos registrados no Estado são importados, o Simers (Sindicato Médico do Rio Grande do Sul), criou a ação "RS Contra o aedes", com a parceria da AAAPIP (Associação dos Amigos, Artesãos e Pescadores da Ilha da Pintada).

O trabalho de conscientização foi dividido entre voluntários, dez crianças e coordenadores da Associação. Pelos corredores do aeroporto foi feita a entrega de flyers com dicas e repelentes. Trabalhar em conjunto é o que torna a ação mais eficiente, como explica Gustavo Espíndola (8 anos): "Estou ajudando minhas colegas. Escolhi a fantasia do Flash, porque ele é rápido e pode ser eficiente no combate ao zica."

O diretor-presidente do Simers, Jorge Eltz de Souza, destacou a atenção maior para esta época do ano, "porque é quando as pessoas viajam muito para fora do RS", e havia ressaltado que nenhum caso de zica tinha sido registrado na Capital. Mas hoje, foi confirmado o primeiro caso em Porto Alegre. "A intenção é blindar o nosso Estado. Chamando atenção do público os manterá em alerta", afirma o diretor.

Juana Araújo (9 anos), usando a fantasia da princesa Elza da Frozen, também ajudava na ação e espalha a dica: "Para combater o mosquito as pessoas devem usar o repelente e não deixar a água parada. É preciso muito cuidado". Segundo a coordenadora da AAAPIP, Carla Cabral, a próxima meta do grupo é trabalhar a prevenção do aedes dentro das lhas da Capital. Foto: Élio Bandeira / Simers Foto: Élio Bandeira / Simers


 

comentários. Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.