16 de Abril de 2018
  • GaúchaZH
  • Esporte

Viviane Jungblut é terceira no Troféu Brasil e ganha vaga para provas internacionais

Atleta gaúcha qualificou-se para disputar o Pan-Pacífico, no Japão, e o Sul-Americano do Peru

Viviane Jungblut (E) ficou atrás da campeã olímpica, a holandesa Sharon van Rouwendaal, e de Ana Marcela (de branco)Satiro SodréŽ / SSPress,CBDA,Divulgação

Os nadadores do Grêmio Náutico União foram destaques na prova de 10km da maratona aquática do Troféu Brasil, neste domingo (15), na praia de Copacabana, Rio de Janeiro. Viviane Jungblut e Luiz Gustavo Barros chegaram em terceiro lugar na competição.

No feminino, Viviane chegou em terceiro lugar, atrás da vencedora da disputa, a baiana Ana Marcela Cunha, e da holandesa Sharon van Rouwendaal, ouro na prova nos Jogos Olímpicos do Rio 2016.

Por ser a segunda brasileira melhor colocada, Viviane recebeu a medalha de prata e será, ao lado de Ana Marcela, uma das representantes do Brasil no Pan Pacífico (de 9 a 13 de agosto, em Tóquio, no Japão) e no Sul-Americano de esportes aquáticos, que será disputado de 7 a 11 de novembro, em Trujillo, no Peru.

Outra atleta do União que conquistou classificação para integrar a seleção brasileira foi Mariana Vignoli. A nadadora da categoria júnior chegou em sexto lugar na prova e se classificou para a disputa dos Jogos Sul-americanos Odesur, que ocorre de 27 a 30 de maio, em Cochabamba, na Bolívia.

No masculino, Luiz Gustavo Barros chegou em terceiro lugar. Ao todo, 12 nadadores do Grêmio Náutico União participaram da prova de águas abertas _ foi o clube que mais pontuou na competição.

A partir desta terça-feira (17), começam as provas de piscina do Troféu Maria Lenk. Quinze nadadores do GNU disputarão uma das principais competições da modalidade no Brasil.