10 de Janeiro de 2020
  • Olimpíada Todo Dia
  • Geral
  • 3 banner(s)

Guilherme Toldo para uma antes da chave principal em Paris

Foi a melhor campanha entre os cinco brasileiros que competiram na etapa da Copa do Mundo disputada na capital francesa

O brasileiro Guilherme Toldo ficou a um passo da chave principal na etapa de Paris da Copa do Mundo de florete. Ele parou no canadense Maximilien van Haaster nesta sexta (10), após derrota por 15 a 12, na rodada preliminar dos 64, uma antes da principal. Guilherme Toldo foi o melhor brasileiro na competição. Henrique Marques e Pedro Marostega perderam na primeira eliminatória, a preliminar dos 256, enquanto Fernando Scavasin e Heitor Shimbo caíram antes, na fase de grupos, as chamadas poules. Nos grupos, Guilherme Toldo se classificou com três vitórias e duas derrotas. Bateu o russo Grigoriy Semenyuk por 5 a 4, fez 5 a 0 no canadense Julien Gaudreau-Pollender e derrotou o britânico David Liebscher por 5 a 3. As derrotas foram por 4 a 3 para o húngaro Tamas Meszaros e 5 a 2 para o francês Vincent Simon. Classificado com a segunda melhor campanha na poule, ao lado de Meszaros, o brasileiro não precisou disputar a primeira eliminatória. Entrou direto na rodada dos 128 onde bateu Brian Kaneshige, dos Estados Unidos, por 15 a 12. A seguir, parou em van Haaster e deixou o torneio em 84º lugar entre 254 inscritos. +INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL NO YOUTUBE Henrique Marques e Pedro Marostega tiveram desempenho parecido na etapa de Paris da Copa do Mundo de florete. Passaram pelas poules com três vitórias e três derrotas, campanha que colocou os dois na rodada preliminar dos 256. Lá acabaram perdendo e sendo eliminados. Marostega foi derrotado pelo japonês Daiki Fujino por 15 a 7 e deixou a competição na 169ª classificação geral. Marques caiu para Marek Totusek, da República Tcheca, por 15 a 11 e ficou quatro posições acima, em 165º lugar. + Alexandre Camargo é o melhor brasileiro em Heidenheim Fernando Scavasin, com uma vitória em seis duelos, e Heitor Shimbo, com seis derrotas, não passaram pelas poules da etapa de Paris da Copa do Mundo de florete masculino. Scavasin encerrou a competição na 212ª colocação geral e Shimbo ficou em 242º.