11 de Setembro de 2019
  • Jornal do Comércio
  • Fernando Albrecht
  • P. 3

Flores por testemunha

Contam que a primeira vez que o prefeito paulistano Ademar de Barros veio a Porto Alegre, na reta final do Aeroporto Salgado Filho olhou admirado a cena. “Se eu tivesse um Guaíba em São Paulo”, disse ele a um assessor. Pois é a tal coisa, nós temos o Guaíba e boa parte, talvez a maior parte da população, só convive com a selva de pedra. E isso que, a algumas centenas de metros da orla, temos a Ilha do Pavão. A buganvília na sede do União que o diga.